SOLDADINHOS DO TRÁFICO:

UM OLHAR SOBRE A CRIANÇA E O ADOLESCENTE ENVOLVIDOS NO TRÁFICO DE DROGA – A OMISSÃO DO ESTADO E A IMPORTÂNCIA DAS ONGS

  • Letícia Petruco
Palavras-chave: Adolescência, Tráfico de Drogas, ONGs

Resumo

O artigo tem como intenção explorar a dura realidade da criança e do adolescente que ingressam no mundo do tráfico de drogas, procurando entender as motivações que levam esses jovens a fazer essas escolhas e se essas decisões podem ser consideradas realmente “escolhas”. Não se objetiva construir um estigma social, mas restringir o assunto às crianças e adolescentes que moram em regiões periféricas e que, cotidianamente, acabam tendo mais contato com essa realidade. Também será feita uma reflexão sobre qual a resposta que o Poder Público tem dado a esse problema, já que a inserção desses jovens no narcotráfico é consequência de questões estruturais como, por exemplo, o desemprego, a pobreza e a falta de acessibilidade a uma educação de qualidade, à arte e ao lazer, introduzindo uma discussão sobre o descompasso dos direitos assegurados na legislação e a efetividade das políticas implementadas. Nesse sentido, ressalta-se a importância das ONGs que estão presentes em diversas comunidades e que, por meio de diferentes projetos sociais, têm garantido mais proteção e maiores perspectivas de futuro a essas crianças e adolescentes.

Publicado
2019-12-06