A “COISIFICAÇÃO” DO TRABALHO HUMANO NO SISTEMA CAPITALISTA DE PRODUÇÃO: CONTORNO DO PRINCÍPIO DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA NAS RELAÇÕES TRABALHISTAS BRASILEIRAS

  • Carolina Tavares de Sá Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo
Palavras-chave: Direito do Trabalho, Dignidade da Pessoa Humana, Poder Diretivo, Mão de Obra, Capitalismo.

Resumo

Este artigo busca tratar da situação em que grande parte dos trabalhadores assalariados se encontram, considerando que a fim de buscar a sobrevivência, bem como a conquista de seus ideais, labutam em troca de remuneração conscientes ou não de que são reputados apenas como meras ferramentas para obtenção de lucros, tendo em vista que por muitas vezes suas necessidades pessoais são integralmente deixadas em segundo plano dentro do ambiente laboral, o que por consequência, acarreta em diversos infortúnios, tanto na esfera patrimonial, como principalmente na seara extrapatrimonial, conforme investigaremos e concluiremos ao longo do estudo, fazendo uma abordagem dos principais aspectos do princípio da dignidade da pessoa humana, bem como um panorama do contexto histórico do Direito do Trabalho.

Biografia do Autor

Carolina Tavares de Sá, Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo
Graduanda em Direito pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo; 3º ano, turma BN. E-mail: tavarescarolina@uol.com.br.
Publicado
2017-12-18
Seção
Artigos